• PR3
  • PRD

Informação


Adequado

Altimetria

Ao longo do trilho na companhia das águas transparentes das ribeiras de Santa Comba, Banjas e Lagares é possível observar as típicas galerias ripícolas e os lameiros verdejantes. Também é possível ver, em simultâneo, o contraste das charnecas secas com o colorido das carquejas e urzes. E com alguma sorte poderá encontrar quem sabe uma lontra ou talvez um cágado…

Ao passar pelo Complexo Mineiro pode observar as ruínas do que foram as antigas estruturas de apoio à exploração mineira com início em meados do século XIX até às primeiras décadas do século XX, com destaque para os tanques de lavaria que usaram a água da Ribeira das Banjas para a lavagem do minério.

Ao longo dos tempos estas linhas de água foram importantes para os sistemas de moagem, assim como, para o regadio através do rego foreiro partilhado por diferentes consortes.

Ainda pode contemplar a aplicação do xisto nos esteios das vinhas, nos degraus embutidos nas paredes de contenção (também elas em xisto) de acesso às leiras e nos muros de vedação.

MUITO IMPORTANTE > Seguir sempre pelos caminhos e trilhos sinalizados, não nos afastando das marcações existentes ao longo dos percursos, por razões de segurança, devido à ocorrência no território de antigas cavidades mineiras, como fojos e respiros, eventualmente camufladas pela vegetação.